sexta-feira, 11 de abril de 2008

CNBB defende o valor inviolável da vida em nota oficial


Kelen Galvan
Indaiatuba (SP)
Canção NovaA Igreja sempre defenderá ''o valor inviolável da vida'' Nesta tarde desta terça-feira, dia 10, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) lançou uma em solidariedade aos bispos ameaçados de morte e uma em defesa da vida humana.

Em coletiva de imprensa, Dom Orlando Brandes, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família, falou sobre a nota em defesa da vida, explicando que ela tem bons argumentos científicos, jurídicos, éticos e religiosos.

.: Ouça Dom Orlando lendo a Nota em Defesa da Vida

Dom Orlando destacou que a nota veio em resposta às questões atuais, sobre a despenalização do aborto, pesquisas com células-tronco, e muitos outros assuntos e, recordou que no Congresso Nacional tramitam mais de 30 projetos contra a vida humana. Só nesta Assembléia, foram publicadas cinco notas abordando aspectos diferentes em defesa da vida.

Lembrando a lei existente no Brasil que defende os ovos de tartarugas e, que, aqueles que os destruirem podem ser até processados, o bispo destacou, que embora é preciso ter este cuidado, por outro lado, existe um descuido com os óvulos humanos. "É preciso respeitar a ecologia humana", pontualizou.

E ainda pediu aos jornalistas que "ajudem a clarear o nosso povo, explicando as diferenças entre as células-embrionárias e células-adultas, por causa da simplicidade e do desconhecimento do nosso povo, muitos acham que a Igreja está contra as pesquisas com células-tronco. A Igreja é a favor da pesquisa com células-tronco adultas, que cientificamente tem resultados muito satisfatórios".

"A Igreja incentiva e até, mesmo, agradece os cientistas por seus trabalhos, só pede que a dignidade da vida seja respeitada", afirmou Dom Orlando.

Questionado sobre a postura da Igreja diante das mulheres vítimas de estupro, o bispo recordou que a Igreja realiza muitos trabalhos de apoio a estas mães, e que muitas vezes, parece que a saída mais fácil é matar a criança, mas não se pode agir com a mesma violência recebida, com a criança inocente que foi gerada. E destacou que o aborto faz duas vítimas: a criança e a mãe.

"São inúmeros casos de mães que depois de alguns anos nos procuram e dizem do quanto aquela criança que foi gerada traz alegria às suas vidas e agradecem por não terem abortado. E acabamos até sendo padrinhos das crianças", exemplificou Dom Orlando.

E encerrou afirmando que a Igreja sempre defenderá "o valor inviolável da vida".

Missão Continental

Dom Sergio Arthur Braschi, Presidente da Comissão Episcopal para Missão Continental no Brasil, falou sobre o tema, e destacou as Novas Diretrizes, que foram elaboradas pela CNBB nesta Assembléia, com um grande enfoque no Documento de Aparecida e com iniciativas muito concretas de como realizar esta Missão Continental nas nossas comunidades.

.: Ouça palavras de Dom Sergio sobre a Missão Continental

Ano Catequético

Um dos temas importantes desta Assembléia foi o Ano Catequético, que se realizará em 2009. O tema foi abordado por Dom Juventino Kestering, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação, Cultura e Comunicação da CNBB, que destacou que "o Ano Catequético quer dar um novo impulso a Catequese como um serviço eclesial para o caminho do discipulado".

"A catequese tem muita importância para a Igreja. Ela que vai ajudar o novo cristão no amadurecimento da fé, a inseri-lo na comunidade e a abrir sua visão sobre sua inserção na sociedade, para que ele seja realmente um seguidor de Jesus", destacou.

.: Ouça explicação de Dom Juventino sobre o assunto


Tags: 46ª Assembléia Geral bispos Itaici

Um comentário:

Webcam disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Webcam, I hope you enjoy. The address is http://webcam-brasil.blogspot.com. A hug.